Da Coleção ao Museu – O Colecionismo privado de arte moderna e contemporanea em Portugal

Da Coleção ao Museu: o colecionismo privado de arte moderna e contemporanea em Portugal

O Colecionismo privado de arte moderna e contemporanea em Portugal

19,61

ISBN: 978-989-658-431-3
Ano de Edição: 2016
Idioma: Português
Encadernação: capa mole
Dimensões: 170 x 240 x 25 mm
Páginas: 240

REF: 707 Categoria:

Este livro analisa a formação de coleções privadas de arte moderna e contemporânea em Portugal e observa o modo como foram disponibilizadas ao público, ao longo da segunda metade do século XX.

Elegem-se quatro coleções: a de José-Augusto França, a de Manuel de Brito, a de José Berardo e a de António Cachola.

O perfil destes colecionadores, o gosto, as motivações, a estratégia e as condições da escolha das peças permitiram problematizar conceitos, como o de colecionar, colecionador e colecionismo, bem como compreender o funcionamento do sistema da arte, sobretudo o português. Reconhece-se ainda o contributo dos colecionadores na constituição e no reforço de coleções públicas e distingue-se a sua ação relativamente à formação de coleções de carácter institucional. Por outro lado, aqueles colecionadores também permitem identificar duas variáveis: as coleções constituídas com tempo, relacionadas com as vicissitudes das respetivas profissões (Coleção França e Coleção Brito) e as coleções reunidas com uma dimensão pública, no propósito das obras virem a configurar museus, apesar de se manterem na propriedade privada (Coleção Berardo e Coleção Cachola).

O tema do colecionismo privado é de grande atualidade no contexto internacional. No nosso país, carecem estudos sistemáticos sobre o assunto, pelo que este livro constitui um contributo relevante para os que desejam aprofundar este domínio.

There are no reviews yet.

Be the first to review “Da Coleção ao Museu: o colecionismo privado de arte moderna e contemporanea em Portugal”