Vanda Anastácio

Professora Associada da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Desde 2015 coordena o Gabinete Cultural da Fundação das Casas de Fronteira e Alorna. É membro integrado do Centro de Estudos Clássicos da Universidade de Lisboa e colabora
regularmente com outros Centros de Investigação em Portugal e no Brasil. Entre
as suas publicações destacam-se edições críticas de autores portugueses dos séculos
XVI a XVIII. Nos últimos anos tem trabalhado sobre escritoras portuguesas anteriores a 1900. Entre as suas publicações contam-se Visões de Glória (Uma introdução à Poesia de Pêro de Andrade Caminha), 2 vols., (1998), Viagem à Ilha do Amor, do Cavaleiro de Oliveira (2001), as Obras de Francisco Joaquim Bingre, em 6 volumes (2000-2005) o Teatro Completo de Camões (2005) e a correspondência trocada entre a Marquesa de Alorna e a Condessa do Vimieiro (Cartas de Lília e Tirse (1771-1777), 2007. Em 2008 publicou, no Brasil, uma edição dos Sonetos da Marquesa de Alorna e, em 2009 publicou,
em Portugal, a colectânea de ensaios A Marquesa de Alorna (1750-1839) Estudos. Em 2013 organizou a obra Uma Antologia Improvável? A escrita das mulheres (1495-1830), publicada pela editora Relógio d’Água. Publicou ainda, em 2015, uma antologia das Obras Poéticas da Marquesa de Alorna na Imprensa Nacional.