Fixar o (in)visível: Os primeiros passos do RAP em Portugal (1986 – 1998)

Preço normal €12,72

Imposto incluído.

Autor: Soraia Simões de Andrade
Edição/reimpressão: 2019
Formato: 165x240x7,5mm
Páginas: 122
Tipo capa: Capa mole 
Editor: Caleidoscópio
ISBN: 9789896585983

Sinopse

Foi a investigação e o envolvimento com as protagonistas que levaram a autora a reler e reouvir um conjunto de letras e de ideias transmitido nestes anos que não estavam relatadas nem no discurso público sobre este domínio das música e cultura populares nem no campo científico dedicado ao estudo deste universo cultural. Este momento inicial de afirmação do RAP nas cultura e sociedade portuguesas ficou também marcado por um conjunto de outras desigualdades, a subvalorização e a não inscrição desses assuntos relatados nos repertórios e discursos falados das primeiras rappers, como a violência com base no género e o sexismo, motivou este livro. Por outro lado, a obra traz-nos uma abordagem nova, revendo os itinerários socioculturais dos primeiros rappers e depreendendo as suas contradições
e paradoxos. A obra mostra-nos como o RAP se transformou, na sua primeira década de afirmação, entre tensões e aspirações dos principais rostos, num período histórico marcado pelo cavaquismo, uma das práticas musicais de matriz urbana que, ironicamente, se tornou um produto daquilo que censurou: o modus operandi das indústrias musicais e de publicação e do contexto social e económico em questão.