Relatório acerca da Administração do Distrito de Inhambane: Ano de 1917

Preço normal €23,32

Imposto incluído.

Autor: José Botelho de Carvalho Araújo
Edição/reimpressão: 2019
Formato: 170x240x18mm
Páginas: 344
Tipo capa: Capa mole 
Editor: Caleidoscópio
ISBN: 9789896585532


Sinopse


Inhambane era o distrito mais pequeno e mais pobre em recursos da colónia de Moçambique. Dos seus 350 000 habitantes cerca de 600 eram brancos. Foi António José de Almeida, na altura a acumular o cargo de chefe do governo de União Sagrada e a pasta das Colónias quem, sob proposta do governador geral de Moçambique, Álvaro de Castro, convidou Carvalho Araújo para chefiar o governo de Inhambane.


Carvalho Araújo mostrou-se reticente com a nomeação; encarava Moçambique como um teatro de guerra secundário, ansiando por se tornar útil à pátria. António José de Almeida afirmou que só tinha conseguido «(...) que ele fosse, depois de lhe impor o encargo como uma necessidade a que devia obediência. Mesmo assim, afirmou: «Agradeço a honra, mas vou contrariado».